★★★  Dicas Importantes ★★★

COMO OBTER AUTONOMIA NOS ESTUDOS

 

►LEIA ATENTAMENTE UMA VEZ.

►PROCURE PALAVRAS DESCONHECIDAS NO DICIONÁRIO.

►NA SEGUNDA VEZ LEIA GRIFANDO O QUE É IMPORTANTE.

►ELABORE UM RESUMO DO QUE VOCÊ GRIFOU.

►LEIA AS QUESTÕES PROPOSTAS.

►RESPONDA DE ACORDO COM O QUE VOCÊ LEU.

►PARA ENTENDER LEIA O QUE VOCÊ RESPONDEU.

►FAÇA OUTRAS ATIVIDADES  DO MÓDULO (MÉDIO).

►BUSQUE OUTRAS FONTES PARA ENTENDER MAIS.

►ANOTE O QUE VOCÊ NÃO ENTENDEU.

►TIRE AS DÚVIDAS COM SEU PROFESSOR.

►UTILIZE NOSSOS ESPAÇOS DE ESTUDO NA ESCOLA.

►ORGANIZA SEU TEMPO DE ESTUDOS.

►ASSISTA AOS VÍDEOS E FAÇA UM RESUMO, OU RESENHA (CADERNO DO FUNDAMENTAL). TRAGA PARA MOSTRAR AO PROFESSOR.

 

 

 

    Estratégias de estudo                                                                                                                                                                                                                                                                         Grifo – Faça uma leitura silenciosa, grifando termos desconhecidos, procurando no dicionário, numa segunda leitura vá grifando o que é importante, como definições de conceitos e principais características.

 

 

Resumo - Faça uma primeira leitura atenciosa do texto, a fim de saber o assunto geral dele;
- Depois, leia o texto por parágrafos, sublinhando as palavras-chaves para serem a base do resumo;
- Logo após, faça o resumo dos parágrafos, baseando-se nas palavras-chaves já destacadas anteriormente;
- Releia o seu texto à medida que for escrevendo para verificar se as ideias estão claras e sequenciais, ou seja, coerentes e coesas.
- Ao final, faça um resumo geral deste primeiro resumo dos parágrafos e verifique se não está faltando nenhuma informação ou sobrando alguma;
- Por fim, analise se os conceitos apresentados estão de acordo com a opinião do autor, porque não cabem no resumo comentários pessoais.

Resenha – é uma produção textual, por meio da qual o autor faz uma breve apreciação, e uma descrição a respeito de acontecimentos culturais (como uma feira de livros, por exemplo) ou de obras (cinematográficas, musicais, teatrais ou literárias), com o objetivo de apresentar o objeto (acontecimento ou obras), de forma sintetizada, apontando, guiando e convidando o leitor (ou espectador) a conhecer tal objeto na íntegra.

Uma resenha pode ser :

* Descritiva – É o caso dos resumos de livros técnicos, também chamada de resenha técnica ou cientifica. A apreciação, ou o julgamento em uma resenha descritiva julga as ideias do autor, a consistência e a pertinência de suas colocações, ao longo da descrição da obra, ou seja, trata-se de um julgamento de verdade.

* Crítica ou opinativa – Nesse tipo de resenha o conteúdo apresentado é um pouco mais detalhado do que na resenha descritiva, pois os critérios de julgamento são de valor, de beleza da forma, estilo do objeto (acontecimento ou obra). A exploração um pouco maior dos detalhes ocorre devido à necessidade de que o autor da resenha fundamente suas críticas, sejam elas positivas ou negativas, utilizando outros autores que trabalharam o mesmo tema.

Como elaborar uma resenha:

- Leitura e reflexão sobre o texto do qual será feito a resenha, sendo que muitas vezes são necessárias leituras complementares para um melhor entendimento do tema.

- Resumo da obra, no qual deverão ficar clara as ideias principais do autor. Este resumo será a base para a resenha, mas não ela.

- Selecionar dentre as ideias principais, uma que será destacada, e até aprofundada (no caso das resenhas críticas).

- Emitir um julgamento de verdade (resenha descritiva) ou de valor (resenha crítica), sendo necessária a fundamentação no caso da resenha crítica.

- Elaborar a resenha a partir dos passos anteriores, sendo que a organização do texto fica a critério do autor. A resenha deve conter, ainda, uma brevíssima identificação do autor da obra (vida e outras obras). Ao fim da resenha, o autor da mesma deve se identificar.

Na resenha de um vídeo, se faz necessário assistir várias vezes. È necessário colocar o nome do vídeo, seu autor, seu título, enumerar itens importantes que ocorreram, fazer uma crítica pessoal, dando sua opinião do que você conseguiu entender e do que o assunto tratou. Pode ser positiva e negativa, incentivar ou não para outras pessoas assistirem.

Como entender o que está sendo pedido em uma questão ou pergunta:

Conceituar – escrever o que é tal coisa, ou seja, o que se entende por algo. Formular ou definir algo.

Analisar – observar e descrever um conceito em seus pequenos detalhes.

Identificar – estabelecer a identidade de algo, estabelecendo suas características ou classificações possibilitando o seu reconhecimento.

Descrever – expor em palavras como é algo, ou como foi algo, um fato, um acontecimento, relatar com detalhes.

Explicar - esclarecer com detalhes, interpretar, explanar.

Explanar – tornar plano, fácil de entender, expor ou narrar minuciosamente.

Destacar - dar destaque, ou seja, realçar algo, ou um assunto, tema ou conceito, explicando como é com exemplos.

Citar – mencionar, assinalar, registrar algo, sem maiores explicações.

Exemplificar – vários itens ou fatos que servem para compreender algo, modelos que nos ajudam a entender algo.

Entender – perceber o que está sendo pedido, relatando tudo o que você acha importante, pode ser escrito de acordo com o texto ou com suas palavras sobre um assunto, tema, acontecimento, etc.

Definir – explicar mostrando o seu significado, de uma palavra, de uma pessoa, de um acontecimento ou de um objeto.

 

 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now